#menota

estratégias pra crescer nas redes sociais

As melhores estratégias para crescer no Instagram de forma orgânica

15/02/22
Estrela

Começar no Instagram é um processo complicado. Nos primeiros meses, até tudo engrenar de verdade, envolve muito esforço, paciência, persistência e motivação.

Nesse momento, muita gente acaba preferindo recorrer para os posts impulsionados, ignorando os posts orgânicos – mas isso não é necessário, nem mesmo aconselhável.

Vamos conversar um pouco sobre como usar do famoso boca a boca – e dos posts orgânicos – para alavancar sua carreira e alcançar o sucesso.

Seta

1. Pense sempre em seus posts como orgânicos

Mesmo se você impulsionar seus posts, é sempre importante pensar em como eles poderiam trabalhar se fossem posts orgânicos: afinal, a qualidade do conteúdo ainda é parte fundamental sempre e quem clicar na sua página vai precisar topar com muita coisa de qualidade para além do chamariz inicial.

Portanto, ter a cabeça e as estratégias para posts orgânicos vale para manter o nível alto, exigindo um controle de qualidade, mesmo dos posts impulsionados.

Seta

2. Descubra seu público e seu produto (e se esses dois fazem sentido juntos)

A primeira regra para ser visto, por mais bobo que possa parecer, é produzir algo que os outros querem ver. Para isso, você precisa entender exatamente o que é que você está querendo vender e qual é o melhor público alvo para isso.

Não faria sentido, por exemplo, tentar vender uma plataforma de produtividade no trabalho para um público de crianças, adolescentes e aposentados. Provavelmente as pessoas interessadas em um produto desse tipo seriam aquelas que trabalham.

Se você começar a partir de um produto fixo (e por “produto” aqui, podemos estar falando até do próprio conteúdo que você vai produzir), vai precisar encontrar o tipo de pessoa que está interessado nele.

Dá para ir em outra ordem, também, começando por um público que se deseja impactar e descobrindo na sequência do que é que essas pessoas precisam. Se você já sabe que quer se comunicar com gamers, por exemplo, faz mais sentido descobrir o que é que os gamers precisam para só daí começar a montar sua estratégia de produção de conteúdo.

Mas, em qualquer um dos caminhos, uma coisa não muda: é fundamental conhecer e entender o público com quem você está tentando falar. E esse conhecimento influencia todas as dicas seguintes.

Seta

3. O horário certo, as palavras certas, as imagens certas

Já conhece seu público? Perfeito, então agora é hora de descobrir qual é a melhor maneira de falar com ele. Estude os melhores horários para postar e chamar a atenção dessas pessoas: os posts dão mais certo quando acontecem de manhã, ou de tarde? Além disso, estude também a regularidade: faz sentido fazer um post por dia, ou só um por semana?

Tudo isso depende sempre de como seu público reage a esses diferentes modelos.

A mesma coisa vale para o conteúdo em si. Qual a melhor maneira de conversar com essas pessoas? De um jeito mais informal, ou com mais formalidade? De um jeito mais direto, ou de um jeito mais poético?

Seta

4. Abuse das #

No começo da carreira de qualquer um no Instagram, as hashtags funcionam como uma janela para entrar em conversas sobre qualquer assunto e ser visto pelos outros com o mesmo interesse.

Então abuse delas! Sempre que puder, use hashtags que ajudem novas pessoas a encontrarem você e seu conteúdo – muita gente pode topar com você sem querer, se interessar e virar um seguidor fiel de tudo que você postar.

Ah, outra coisa que as pessoas costumam perguntar: quais são as melhores hashtags? E a resposta é: depende! De acordo com o conteúdo em si, é claro, mas também de acordo com o público. Mas se você sabe tudo sobre o universo que está inserido, provavelmente as hashtags mais conhecidas que lembra são aquelas que faz sentido tentar usar.

Seta

5. Inspirações, interações e parcerias

Imagine que você ainda não conseguiu descobrir suas benditas hashtags. E agora?

Bom, uma boa ideia pode ser pensar em alguém que é uma inspiração para você – um outro perfil que produz o mesmo conteúdo e pode ser de modelo – e… Dar uma olhada! Podemos aprender muito só observando como nossos “concorrentes” trabalham no Instagram.

Não é sobre copiar: afinal, você ainda precisa desenvolver uma voz autêntica para conseguir se diferenciar e ser reconhecido. Mas quando você entende os padrões, fica mais fácil saber quando segui-los e quebrá-los.

Sua presença no Instagram não pode ser uma ilha, tentando se manter isolada das influências externas. Muito pelo contrário: quanto mais troca rolar, melhor.

Isso vale ainda para interações: sabe o perfil que você pensou quando eu mencionei uma referência? Que tal tentar entrar em contato com ele para construírem um novo conteúdo juntos?

Por fim, você não precisa ter medo nenhum de interagir – não só com seu público e na sua página, mas também na página de qualquer um. Participar e ser visto é um ótimo jeito de construir seu alcance orgânico.

woman use phone listen music

E aí, curtiu?

Tá a fim de ler mais conteúdos que nem esse? Confere todos os posts na nossa editoria!
#menota

veja mais

#você viu?

  • #menota

    Aprenda como ganhar dinheiro no TikTok

    Mão segurando celular com aplicativo TikTok Aberto.
  • #menota

    8 dicas para conquistar seguidores no TikTok em 2022

    Mulher asiática mexendo no celular com emojis saindo
  • #menota

    Como ser digital influencer: veja essas 8 dicas antes de começar

    menina gravando videos para redes sociais
  • #menota

    Como deixar a timidez de lado e se soltar ao gravar vídeo no Instagram e no TikTok?

    mulher sorrindo e se filmando
  • #menota

    As melhores estratégias para crescer no Instagram de forma orgânica

    homem na rua olhando o celular
  • #menota

    4 dicas para você aprender como aumentar suas visualizações nos stories sendo criativo

    Mão segurando o celular e reações aparecendo