#menota

estratégias pra crescer nas redes sociais

Erros que você deve evitar no Instagram

15/02/22
Estrela

Uma das vantagens de estudar e pesquisar sobre o que estamos fazendo é aprender com os erros dos outros para evitar repeti-los.

Por isso, hoje você vai aprender todos os erros que são inadmissíveis no Instagram – para tomar cuidado e não cometer nenhum deles que possa prejudicar o crescimento do seu público.

Então vamos lá: quais são as maiores barbaridades que ninguém que tenha juízo pode cometer no Instagram?

Seta

1. Usar hashtags demais

Essa é clássica de quem está começando. Hashtags são ótimas ferramentas para entrar em novas conversas e alcançar novas pessoas, então quanto mais melhor, certo? Errado!

Embora hashtags sejam de fato ótimas, entupir seu post de hashtags não vai te ajudar em nada: na verdade, ao fazer isso você aumenta o número de impressões do seu post, mas como o engajamento não sobe na mesma velocidade, seu post muito provavelmente será lido como ruim.

Como lidar com isso? Bem, a solução é bem simples: tente limitar seus posts em cinco hashtags no máximo. Se precisar muito mesmo de mais hashtags do que isso, coloque as outras como um primeiro comentário no seu post.

Seta

2. Mexer em time que está ganhando

Experimentação é ótima – e faz todo sentido no Instagram. No caso dos horários para se postar, por exemplo, você só vai descobrir quais são os melhores mesmo tentando e medindo qual é o retorno do público.

Mas algumas coisas só precisam ser descobertas uma vez: depois, não faz mais sentido insistir nos testes. Se você já entendeu que o melhor horário de publicação para seu público é durante a tarde, por exemplo, não adianta nada continuar “testando” publicações em horários aleatórios de manhã, noite ou madrugada.

Seu público vai gostar da constância e da relação de confiança que construirá com você. Eles vão gostar de saber que podem sempre voltar lá e te reencontrar com mais coisa legal, sempre mais ou menos na mesma hora.

O mesmo vale para qualquer outro teste: vale a pena testar novas hipóteses e ser criativo sempre, mas aproveite também da segurança que parte das respostas que já descobriu antes para não insistir nos mesmos dilemas para sempre.

Se você já sabe qual é o seu melhor modelo para funcionar, invista nele ao invés de ficar procurando outras alternativas incertas.

Seta

3. Manter um perfil amador

Se você quer ser levado a sério, a primeira impressão é sempre a que conta: e que impressão sua página vai deixar se ela estiver toda despadronizada, bagunçada, com artes amadoras e fotos de baixa qualidade?

Investir no seu Instagram é investir em profissionalismo para tudo que publicar – mesmo que seja a coisa mais banal possível. Um bom perfil no Instagram precisa ter coesão no que vai postar – uma identidade visual, coerência nos assuntos, boa edição de imagens (com pouquíssimo texto no layout ) e fotos lindas, bem editadas e com boa qualidade. É assim que se impressiona quem vai acessar seu perfil – as pessoas entenderão que você leva seu trabalho a sério a partir desses pequenos detalhes.

Isso vale para todo tipo de aprimoramento que for possível realizar: organizar seus destaques (e criar um ícone para eles, se possível), ter uma bio que seja direta e fácil de entender sobre quem você é, ou até mesmo ter uma curadoria inteligente, privilegiando a qualidade acima da quantidade, para compartilhar só o que realmente é legal com seu público.

Seta

4. Não ter um planejamento detalhado do que vai postar

Embora muitas coisas apareçam de sobressalto, também existe muito que pode ser planejado. Para construir uma comunicação eficiente na sua página do Instagram, o ideal é que, numa segunda-feira, você já tenha um planejamento de tudo que vai acontecer durante a semana: quais serão os textos e imagens, quais serão os assuntos e eventos etc.

Esse tipo de planejamento também serve para evitar que se cometa outro dos erros crassos no Instagram: publicar tudo de uma vez só, “floodando” a timeline das pessoas e ficando sem nada para postar por um longo período depois. Planejar seu conteúdo é dividir o espaço de uma forma coerente, para que nenhum momento se torne “vazio” demais.

Seta

5. Não ser você - e não ser você interagindo com os outros

Existe muita gente fazendo exatamente a mesma coisa no Instagram. Se você entrar “na fila” de repetir o padrãozinho agora, vai ficar lá atrás. Evitar repetir os outros só por repetir e não criar uma identidade própria é o pior erro que alguém pode cometer no Instagram: afinal, se eu posso encontrar a mesma coisa que encontrarei no seu perfil em milhares de outros, por que vou resolver voltar especificamente para o seu?

Essa mesma questão aparece também na interação com os seguidores: um Instagram que responda com mensagens robóticas e prontas, é um Instagram ruim. Um Instagram que não responde, então, é pior ainda. As pessoas precisam ver você nos seus atos – e isso inclui principalmente o jeito que você as responde, que precisa ter sua marca e personalidade. Uma resposta humana é mil vezes melhor que várias mensagens prontas.

woman use phone listen music

E aí, curtiu?

Tá a fim de ler mais conteúdos que nem esse? Confere todos os posts na nossa editoria!
#menota

veja mais

#você viu?

  • #menota

    As melhores estratégias para crescer no Instagram de forma orgânica

    homem na rua olhando o celular
  • #menota

    Deixe a timidez de lado: aprenda como fazer stories criativos no Instagram

    Mulher na piscina tirando selfie
  • #menota

    Como ser digital influencer: veja essas 8 dicas antes de começar

    menina gravando videos para redes sociais
  • #menota

    Aprenda como ganhar dinheiro no TikTok

    Mão segurando celular com aplicativo TikTok Aberto.
  • #menota

    Como usar o reels para ganhar seguidores no Instagram?

    mulher asiática vendo os resultados nas redes sociais
  • #menota

    Quais são os melhores horários para postar no TikTok?

    Celular na mão com ícones de redes sociais